Viajando de Avião com Crianças

A viagem de avião com crianças acho que é uma dos maiores receios dos pais quando o assunto é viagem. Uma vez dentro do avião não tem para onde correr e se tratando de crianças a viagem pode ser repleta de surpresas.

O fator surpresa assusta um pouco, confesso que não gosto de surpresas inesperadas, mas tento manter a calma e achar uma solução para tudo.

Quanto mais cedo você iniciar as viagens com seu filho mais experiência vocês irão adquirindo e as dificuldades são mais facilmente maleáveis por todos. Apesar de todos acharem que viajar com bebe de colo é mais difícil do que um andante, pode apostar, a melhor fase para se viajar é antes dos 6 meses. Isso mesmo! Nessa época o bêbe só mama e dorme e você precisa apenas estar ao lado dele para alimentar-lo. Após 6 meses já aumenta na bolsa as papinhas, colher, algum bichinho para distração, etc. Quando andante driblar as próprias vontades da criança, a alimentação, lanchinho, brinquedos etc e etc.

Leia também:

ACREDITE! VIAJAR COM FILHOS NÃO É UM BICHO DE 7 CABEÇAS

Estarei dando algumas dicas que uso sempre em minhas viagens para deixar mais agradável:

Check-in:

Certifique-se que avisou a companhia com antecedência da existência de um bebê para evitar surpresas e demora no Check-in.

Faça o Check-in cedo, seja um dos primeiras para evitar qualquer tipo de transtorno, principalmente com as malas.

Sempre peça a atendente que dê um saco plástico para que possa embalar o carrinho do bebê que irá ser despachado no portão de embarque para evitar que suje ou molhe em caso de chuva (algumas companhias aéreas não possuem saco plástico, caso queira se previnir, leve um saco de lixo transparente bem grande).

Bagagem:

Costumo levar para a Clara Fernanda 2 peças de roupas por dia que combinam entre si e dois pijamas. Dois sapatos no máximo e produtos de higiene em miniatura. Fraldas apenas para os primeiros 5 dias e quando acaba eu compro durante a viagem.

Para o leite industrializado em caso de viagens internacionais eu pesquiso antes se o país comercializa a marca. Em caso positivo eu levo apenas para os primeiros dias e quando acaba compro durante a viagem.

Tente compactar ao máximo as coisas que coloca na mala, acredite seu filho não precisa de muito para uma viagem. Deixe espaço para possíveis aquisições durante a viagem.

Bagagem de Mão:

Muito cuidado com essa ai! Cuidado com o peso e volume. Como a criança precisa se alimentar, brincar, trocar fralda, eu coloco a bolsa de fraldas nos meus pés, o espaço no avião é apertado, então tento compactar ao máximo as coisas que levo nesta bolsa. Imagina toda vez que a criança fazer xixi, ou necessitar de algo você pedir licença a pessoa que está sentado ao seu lado para pegar a bolsa no compartimento de bagagens acima das cadeiras? Precisamos ter bom senso nesse momento, neste caso a melhor coisa é a bolsa da criança ficar em baixo junto aos pés.

Alguns dias desse eu estava lendo um blog e uma mamãe sugestionou que em vôos noturnos levasse um pijama para trocar a criança para que sinta confortável. Para mim parece muito óbvio, pois sempre observei bebês viajantes de pijamas, então já saímos de casa com a Clara com um dos seus pijamas independente do horário. Eu faço isso por diversos motivos:

  • é inexplicavelmente mais confortável,
  • pijamas com pé não necessitam de sapato
  • Além disso sapatos machucam (lembre-se a criança vai estar em constante movimento no seu colo),
  • dentro do avião fica gelado,
  • é uma peça única,
  • na hora de trocar é mais fácil
  • e o que todos os pais desejam é que a criança durma a viagem toda e com pijama você oferece um estímulo para isso.
viagem de avição com crianças

No aeroporto na Argentina

Quanto aos brinquedos, nada de levar bolsas extras só com brinquedos, vai ter momento que você vai estar carregando tudo sozinha, bolsa de fraldas, bolsa de brinquedos, sua bolsa pessoal, mala de mão, criança no colo para sair do avião até o encontro do seu carrinho. Então eu aconselho não leve bolsa pessoal e nem bolsa adicional de brinquedos, apenas bolsa de fraldas e mala de mão (compacte tudo apenas nesses dois volumes).

Leia também:

20 IDEIAS DE BRINQUEDOS PARA VIAGEM COM CRIANÇAS

Segurança de Embarque:

É um processo chato mas necessário para segurança de todos. Mamadeiras, água e papinhas são permitidas desde que estejam na bolsa do bebê (depende da regra de cada país), mas a segurança vai pedir para abrir a bolsa e passar um detector em cada recipiente com líquido dentro da bolsa. Ao meu ver não tem nada de mais, mas isso toma tempo, lembra que eu falei para ser um dos primeiros a fazer check-in? Apesar de termos preferencias em filas nosso processo de passagem pela segurança de bagagem e checagem de passaportes são demoradas.

O carrinho também passa pelo detector de metal e o bebê deve ser retirado do carrinho nesse momento. Geralmente eles pedem que você passe com o bebê longe do seu corpo. A dica que dou para esse momento é que não deixe seu bebê dormir antes, pois você vai ter que acordar ele e isso pode ser um processo estressante. Então mantenha-o acordado até que passe pela segurança de bagagens.

Antes de Decolar:

Certifique que as mamadeiras estejam com água para o preparo de leite. Além disso compre uma garrafinha de água e leve como extra para que possa hidratar sempre a criança e peça para aeromoça encher sempre que necessário, ao invés de pedir copo por copo. Isso facilita e ajuda a ter água a mão sempre que necessário sem necessidade de esperar pelo serviço de bordo.

Ao Decolar e Aterrissar:

Sempre ofereça o peito, mamadeira, chupeta e afins para as crianças nesses dois momentos para evitar incómodos nos ouvidinhos. E nunca viaje de avião com a criança gripada e congestionada ( Dica de Piloto de Avião, rs rs).

Explique sempre que no momento da decolagem e aterrisagem é o momento de ficar quieto e coloque a criança na posição correta recomendada pelas aeromoças.

Durante o Vôo:

Peça para aeromoça um kit de atividades para crianças. Muitas companhias oferecem esse serviço de bordo.

Sempre humedeça as narinas do bebê com sorine.

Torne a viagem divertida.

Ofereça um brinquedo por vez e tente explorar todas as possibilidades de atividades do mesmo antes de apresentar um novo brinquedo.

Evite de levar brinquedos com peças pequenas que sejam difícil encontrar entre o espaço minúsculo das poltronas.

Eu costumo levar Secure-A- toy, e prendo na mesa. Ótimo para não deixar o brinquedo e chupeta cair no chão. Aliás não saio de casa sem eles.

Troca de Fralda durante o Vôo:

Os banheiros com trocador possuem identificação caso não tenha pergunte a aeromoça. O Banheiro é minúsculo, então não adianta levar a bolsa inteira, leve apenas o necessário. A não ser que possa contar com uma mãozinha extra do companheiro de viagem e o mesmo possa segurar a bolsa do lado de fora e te passar as coisas a medida que vai precisando durante a troca. Para isso eu costumo ter uma pequena bolsa com zíper (ou pode ser um saco de ziplock) onde coloco a pomada, pacote de lenço pequeno de viagem, trocador descartável e fralda. Assim quando preciso ir fazer a troca não necessito levar a bolsa toda.

bolsa de bebê1

Assim que separo e organizo dentro da bolsa da Clara

Na hora da Refeição:

Geralmente eu ou o maridão fica segurando a Clara enquanto um come. Depois invertemos. Colocamos as duas bandejas de comida na mesma mesa ( fica um pouco apertado) e quem esta com a Clara fica atento para ela não pegar algo que não deve. Mas tentamos nos organizar para que quando é servido o almoço ou jantar a Clara já esteja dormindo, mas óbvio que nem sempre acontece como gostaríamos.

Para a Clara nós usamos o Squeeze da Infantino. Eu ja comentei sobre ele aqui. É perfeito para pais viajantes como nós. Eu preparo a comida e congelo nesse saquinho e ofereço a Clara sempre em temperatura ambiente, nunca acostumei ela comer comida quente justamente para eu não ter problemas durante viagens #ficaadica. Quanto ao babador eu  levo sempre descartável, muito mais prático.

 

Ao Sair do Avião:

Não adianta ter pressa para sair do Avião porque quase nunca seu carrinho vai estar te esperando do lado de fora do avião. Então saia com calma sem pressa. Atente para temperatura que o Piloto anunciou ao aterrissar caso necessite adicionar algum casaco.

Geralmente quando estamos viajando para lugares frios nós temos nosso saco de tubarão que prende no carrinho e colocamos a Clara Fernanda dentro dele. Esse saco é bem quentinho e é próprio para lugares frios.

viajo com filhos 4

Santiago do Chile

 

Chegando no seu destino curta intensamente! E não deixe os obstáculos atrapalhar sua viagem. Se algo der errado contorne e pense o que pode fazer diferente da próxima vez.

Se você buscar em sua memória vai lembrar que toooooda viagem que fez na vida, alguma coisa nem que fosse mínima, deu errado. Mas a gente acaba tendo mais histórias boas do que derrotas para contar de uma viagem. Então não deixe que os obstáculos te assuste apenas porque está com seu filho.

Viaje com filhos sempre!

#viajocomclarafernanda

See you!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios

20 Ideias de Brinquedos para Viagem com Crianças

Se você nos acompanha no Instagram @mommysbelly sabe que viajamos  muito com nossa pequena e nossa última viagem internacional foi para o Canadá. Uma viagem longa em todos os sentidos, muitas horas de vôo até chegar lá e muitos dias passeando no país com total de 28 dias.

Meu último post foi sobre como na minha opinião é fácil viajar com criança onde dou várias dicas para quem ainda não se arriscou:

ACREDITE! VIAJAR COM FILHOS NÃO É UM BICHO DE 7 CABEÇAS 

Até então a Clara Fernanda era bebê de colo e não sabia andar e essa viagem ao Canadá seria nosso primeiro vôo longo com ela no status de “toddler”, ou seja, iríamos passar pelo primeiro desafio de pegar um avião de mais de 10 hs, pois o nosso tinha 2 conexões, e  com Clara querendo andar pelos corredores do avião!

Maaaaas, foi super tranquilo e nenhum bicho de 7 cabeças rs rs . Primeiro que as conexões foram ótimas pois ao contrario do que eu pensava elas deram uma quebrada e Clara pôde brincar e andar no aeroporto e foi muito mais fácil do que a volta que foi vôo direto. Geralmente todos indicam vôos diretos para estressar menos as crianças, mas quando as conexões são por período curto e o valor da passagem é absurdamente mais barata observei que é super valido essa opção. Depois eu escrevo os pós e contra de vôos com conexão em minha opinião. Além desse vôo tivemos mais 3 vôos dentro do país e uma viagem de trem, sem contar as de Carro e Motorhome ( para este último vale um post a parte).

Por conta da nossa viagem de Trem eu não podia levar muita bagagem, apesar da companhia aérea permitir bem mais, mas teria problema na viagem de Trem se carregássemos todo o peso permitido na companhia aérea. Assim optei por levar muito pouco brinquedo. Mas óbvio que ao decorrer da viagem sentimos necessidade de ter outras opções de entretenimento.

Eu e o marido com a indicação da Pediatra decidimos não apresentar a Clara Fernanda antes dos 2 anos de idade TV, Tablet, celular, computador e outros se existir rs rs. Até agora conseguimos nos virar muito bem, não nos faz falta em nenhum momento. Mas para uma viagem de avião, trem ou carro preciso ter opções de atividades e com isso resolvi montar uma lista baseada em minha compra no Canadá, visita a lojas de brinquedos e pesquisa em outros sites.

Segue minha lista de brinquedos para viagens com crianças:

01 – Water Wow. Esse foi a des-co-ber-ta! Clara ficou mais de uma hora brincando com esse livro de desenhar com caneta a base de água no vôo. Nessa viagem ela tinha acabado de fazer um ano e estava em uma fase que não dava para entregar canetinha e nem giz de cera porque colocava na boca. E essa canetinha que vem no livro você mesmo que coloca a água e se a criança coloca na boca não há problema algum. Perfeito! rs rs

brinquedos para viagem de avião

Vôo de 5hs entre Montreal e Calgary

02 – Window Letters. Esse também foi muuuito divertido, ela se amarrou em ficar grudando as letras não só no vidro da janela do avião como também na mesa na parede em absolutamente em tudo. No Amazon achei um pouco caro, pois comprei em uma loja no Canadá por apenas 2 dólares chamada Dollorama. Realmente tudo lá é perto de 1 dólar, o item mais caro na loja é 4 dólares.

03- Magnets book Magnet Activity  – Eu amei esse livro também. Brincamos no hotel, mas não entrou para seleção do avião. Mas fez muito sucesso.

04 – Livro com Adesivos Stickers book Decorate Passport– Nós descobrimos que livro com adesivos são excelentes para distração da Clara porque recebemos um Kit de Atividades da Rail Canada durante a viagem de trem e uma delas era uma revista com adesivos. O Kit ao total nos renderam 2 hs de distração para nossa pequena. Nunca deixe de perguntar para as companhias se possuem kit de atividade. Em lojas Brasileiras também pode encontrar aqui e aqui.

05 – Dedoches Finger Puppets – Sempre faz as viagens mais divertidas e suuuper compacto! No Brasil você acha aqui.

06 – Jogos de Carta Matching Games  – Para Clara comprei um com tema de quitanda que ela pode aprender as cores e nome dos legumes e no verso das cartas vira um quebra cabeça. Adoro esses jogos dois em um pois podemos explorar várias possibilidades de uso e nos render algumas horas de distração. Também pode encontrar aqui.

07- Quebra cabeça Puzzle – Um quebra cabeça com poucas peças também indico, e além de ser uma ótima atividade é muito compacto. Aconselho tirar de dentro da caixa e colocar dentro de um saco ziplock. Mas nem pensar em quebra cabeça de madeira, olha o peso! No Brasil eu comprei da marca Toyster que você encontra aqui.

brinquedos para viagem de avião 4

08 – Fita Adesiva Colorida Colored Tape – Se não achou livrinho de adesivos, vai de fita adesiva colorida. Eu ando com uma na bolsa de fraldas da Clara direto. Mas atenção! Em aviões não pode embarcar com nenhum tipo de tesoura, então certifique-se que a fita adesiva colorida que está adquirindo você consiga cortar com as mãos. Existe uma que parece um papel fininho colante colorido.

09 – Livro de Atividade com Fita Adesiva Tape Activity Book – O livro é excelente para a coordenação motora fina, exercitar os dedos, desenvolver a coordenação das mãos e olhos, e o reconhecimento das cores. Mas não comprei na época porque necessita usar tesoura e avião não iria permitir embarcar com a mesma, então desisti e achei ainda cedo demais para Clara. No Brasil eu não vi ainda, mas achei sites vendendo esses mesmos livros importados por preços absurdos no Brasil.

10- Carrinhos – Clara adora um carrinho, imita barulho de carro de moto o tempo todo. Durante uma das visitas que fizemos a loja de brinquedos em Vancouver encontramos uma loja só de brinquedos de madeira. Gostaria de ter trago a loja inteira, mas por nossa sorte Clara se identificou e adorou o carrinho pequeno e compacto rs rs.

11 – Cheerio Necklace – Uma amiga minha tinha me falado isso na época que ela morou nos USA e fiz com a Clara um colar de Cheerios e ela se distraiu muito durante nossas trilhas com o ergobaby.

 

12 – Quadro Magnético Magnetic Drawing Board – Como eu brinquei na minha infância com o quadro magnético! Nós não compramos no Canadá, mas nossa última ida a Niterói passamos em uma livraria e Clara se amarrou na sessão infantil, ela apontava para os livros que gostava e falava “esse esse esse”. O que compramos ainda vem com um livro, não muito compacto para viagem de avião, mas para viagens de carro achei uma boa. Você encontra aqui.

imagem.aspx

13 – Bastões de Luz Glow Sticks – Esse apesar de ter comprado eu acabei não usando. Mas esses palitos fluorescentes são facilmente encontrados em casa de festa no Brasil e podem render bons momentos e super compacto e baratinho.

14 – Magic marker colouring books – Esse livro é da mesma linha de pensamento do Water Wow. Todos eles pertencem  a Melissa & Doug da série On the Go. Nós compramos apenas o Water Wow, mas também parece interessante na substituição de cadernos de pintura com canetinha que fazem a maior bagunça.

15 – Learn to dress Board – Esse está na minha lista de desejos. Apesar de ter procurado em algumas lojas no Canadá eu não encontrei.

16 – Squigs – Esse esta na minha lista de desejos. Achei muito legal e podendo render muitas horas de atividade.

51Gb1KstKtL._SX425_

 

17 – Origami Animals – Também da linha On The Go da Melissa & Doug. Qualquer um dos livros dessa linha são ótimos para viagem.

18 – Magnetic Match Rings – Li algumas indicações e entrou para lista de desejos.

19 – Mola Slinky – Não achei que deu muito certo com a Clara por agora. Talvez mais para frente. Apesar dela gostar e prender a atenção mas ela não sabe e se embola toda na mola, fica toda torcida uma verdadeira bagunça. Então esse aí esta guardadinho. No Brasil isso é ridículo de barato. No centro do Rio de Janeiro encontra por menos de R$4,00.

20- Tangle – Apesar de ser um brinquedo super compacto que mantive inclusive na bolsa de fraldas da Clara ela não fica muito tempo com ele, mas em compensação eu fico horas relaxando com esse brinquedo, rs rs.

 

Alguns blogs de mamães que viajam com seus filhos indicaram alguns brinquedos que eu não levaria como:

 Tissue Paper Activity – Imagino a Clara maiorzinho brincando disso. Mas ainda penso se é uma boa opção para viagem pois imagino a meleca que vai ser com cola… uurgg!!

Lego – As crianças realmente adoram mas são muitas peças e pequenas! Imagina você agachando naquele espaço minúsculo entre as poltronas para recolher e tentar achar peças que caíram ou estão perdidas!

Pequenos brinquedos como Polly Pocket e afins. Segue o mesmo princípio de pensamento do lego.

Massinha – Se passou pela sua cabeça levar massinha… haaaa mãezinha você está procurando sarna para se coçar, rs rs. Massinha faz a maior sujeira e meleca! Será roupa suja, poltrona, mesa e se o cabelo também não estiver envolvido nessa bagunça rs rs.

Espero que tenha ajudado de alguma forma a listinha de brinquedos para viagem. Apesar de ter listado 20 brinquedos eu não coloco todos eles na bolsa de mão na hora de viajar. Mas nossa preocupação foi procurar algo leve e compacto que coubesse na bolsa de fraldas da Clara Fernanda sem necessidade de bolsa adicional. Ao planejar sua viagem e sua bagagem tenha em mente que bagagem de mão deve ser compacta ( pois tem regras quanto ao limite de tamanho e peso) e estará carregando para cima e para baixo no aeroporto, então não abuse, tente explorar o máximo das opções que um único brinquedo possa oferecer, deixe a criança descobrir sozinha como brincar, e se existe outras maneiras apresente quando ela estiver perdendo o interesse. Assim você ganha mais tempo de atividade e não necessita levar tantas opções de brinquedo, o que corresponde a peso e volume em sua bolsa.

Viaje sempre com filhos!

#viajocomclarafernanda

 

ACREDITE! VIAJAR COM FILHOS NÃO É UM BICHO DE 7 CABEÇAS

Após algumas viagens com a Clara Fernanda eu percebi como as pessoas em geral acham que viajar com filhos é um bicho de 7 cabeças! E não é acredite!

#VIAJOCOMCLARAFERNANDA

 

Durante nossas viagens fomos abordados por tantos pais que nos diziam como éramos corajosos de viajar com bebê tão pequeno que resolvi escrever este post para contar um pouco da minha experiência e quem sabe encorajar várias mamães que não se arriscaram ainda.

Primeiro de tudo, eu e maridão somos apaixonados em viajar e quando tivemos a Clara não queríamos que esse hábito fosse deixado de lado só por que tivemos filhos. Ao passear pela Europa e outros continentes assistíamos tantas famílias (imensas de 4 a 5 filhos) viajando de avião de trem até fazendo trilha no Nepal que nos fez abrir a mente o quanto isso é possível.

Vou contar brevemente um exemplo do qual quem coloca barreiras somos nós! Em nossa viajem a Itália em lua de mel, para ser mais específica em Veneza, houve um dia chuvoso que pensei em ficar no hotel porque estava chovendo, até eu ir a sacada e ver várias famílias andando debaixo de chuva umas com guarda chuva, outras sem, algumas de capa, outras com bota outras de sandália. No rosto das crianças estampado a alegria e os pais completamente desapegados pelo fato de estar chovendo. Me senti péssima, e uma velha ranzinza e realizei que quem coloca barreira somos nós!. Me troquei rapidinho e aproveitei horrores debaixo de chuva.

Moral da história: não precisamos de muito para sermos felizes! Nem seu bebê para viajar com você!

Desde o nascimento da Clara viajamos para cidades próximas que variavam entre 2 a 4hs de distância de carro e antes mesmo de completar 3 meses Clara fez sua primeira viagem de avião para o Recife – PE.

VIAJAR COM FILHOS NÃO É UM BICHO DE 7 CABEÇAS

Recife – PE

Muitos me devem achar doida, mas é a coisa mais fácil viajar com bebês nessa idade! Inclusive nessa viagem uma senhora me abordou e falou: Minha querida como você tem coragem de viajar com o bebê tão pequeno! Dá tanto trabalho! Eu respirei fundo olhei para Clara que estava ali dormindo serena debaixo do coqueiro e perguntei a senhora: Você acha mesmo? E ela imediatamente me respondeu: Muito trabalho! Vejo pela minha filha que não para um minuto de correr atras do filho! (ele devia ter uns 2 aninhos). Pedi para que ela olhasse para Clara e respondi: Apesar de todos acharem o contrário, viajar com bebês é muito mas fácil do que viajar com crianças maiores. Bebês só comem e dormem o tempo todo, não importa onde você esteja a rotina de sono e amamentação continua sendo a mesma. A senhora sorriu e me disse: Minha querida é verdade! Não tinha pensado desta forma antes.

A melhor época para se viajar com seus filhos é antes dos 6 meses de idade, principalmente para quem amamenta exclusivamente, pois o restaurante do bebê esta junto dele sempre, rs rs. Mas mesmo para os que mamam fórmula não é problema, Clara mamava no peito e mamadeira e não tivemos problema em absolutamente em nada. Clarinha sempre mamou com mamadeira em temperatura ambiente e sempre acostumamos ela dormir com barulho ao redor, nada de ficar andando nas pontas dos pés em casa, com isso não tivemos problemas também com as sonecas durante as viagens.

Confesso que nem toda viajem sai 100%, porque acidentes acontecem ( como  por exemplo o bebê se borrar todo até o joelho e não ter roupinha para repor), se enfiar em furada ( quem já não se meteu em furada em viagem pelo menos uma vez na vida?). Mas o importante é levar tudo numa boa, e estar preparada para driblar a situação com jogo de cintura. E além disso é com os erros que a gente aprende e vai adquirindo experiências para as próximas viagens.

Clara Fernanda não completou um ano e já possui mais de 40 viagens para 12 destinos diferentes, 4 vôos e 2 países diferentes.

IMG_4175

Cajón del Maipo – Chile

IMG_3714

Boulevard – Rio de Janeiro

IMG_3129

Geribá – Búzios

IMG_3471

Brigitte Bardot – Búzios

Praticamente todo final de semana estamos viajando, raramente passamos em casa. A coisa chata é fazer e desfazer malas (particularmente detesto desfazer mala). Mas com tanta viagem assim na bagagem acabo tirando de letra na hora de arrumar as malas.

Hoje em dia existem tantos blogs sobre viagem e inclusive específicos para quem tem filhos. Fico feliz de ver vários blogs de famílias brasileiras sobre viagem. Mostra que esse estereótipo de viajar com filhos é perrengue está começando a mudar na cabeça das pessoas. Antes de viajar eu li experiências de muitas famílias, viagens que deram certo, viagens que deram errado e com isso tive uma noção do que era necessário para se viajar com minha pequena.

Aconselho que faça o mesmo, pesquise, estude a possibilidade e viaje! Basta se organizar. Alguns itens que deve checar e pesquisar antes da viagem:

  • Documentos: Verifique se o local de destino necessita de passaporte e/ou visto. Nunca deixe de levar documento de identificação do bebê e carteirinha de vacinação, mesmo nas viagens de carro. Pode ser que nenhuma autoridade te peça mas os hotéis sempre irão te solicitar.
  • Hotel: Se é sua primeira viagem dê preferência a hotéis com sistema Friendly (com atendimento personalizado as famílias).
  • Passagem: Se vai viajar de avião com bebê abaixo de 2 anos não se esqueça de informar a companhia aérea na hora da compra da passagem.
  • Avise ao Pediatra: sua pediatra pode receitar algum remédio em caso de emergências.
  • Temperatura do Destino: Toda a bagagem vai depender para onde está indo e qual a temperatura do local. Não deixe de checar semanas antes da viagem.
  • Levar apenas o essencial: Seu filho necessita de muito pouco, não acumule bugigangas. Lembre se que irá carregar essa mala e viagens de avião possuem limite de peso.
  • Roteiro: Não crie expectativas altas de conhecer todos os locais nos mínimos detalhes. Lembre-se que seu ritmo é outro. Planeje a viagem com dias suficiente para conhecer os locais com calma. Durante o passeio você vai observar o ritmo do seu bebê. jamais force a barra. E planeje o roteiro de forma que os horários de alimentação e soneca sejam preservados.

Leia e pesquise bastante sobre sua viagem e não deixe de checar os tópicos básicos acima antes da viagem. Com essas informações ficará muito fácil arrumar uma mala de viagem por exemplo.

Dica de Maternidade para toda vida:

  • Acostume seu bebê sempre a dormir com os barulhos normais da casa. Não sussurrar, desligar a TV e andar nas pontas dos pés porque o bebê está dormindo. Caso faça isso terá problemas por onde for e até mesmo em casa porque está acostumando mal seu filho.
  • Alimente sempre seus filhos com alimentos em temperatura ambiente. Seja mamadeira ou papinha, assim quando estiver viajando não precisa caçar um local para que aqueça e ficar refém disso.

Essas duas dicas que dou são para a vida, não só para viagem, isso deixa o dia a dia da mamãe muito mais fácil onde ela esteja.

Nos siga também no Instragam @mommysbelly  e acompanhe nossa #viajocomclarafernanda

Aproveitem e Viagem bastante!

 

 

SaveSave

TIRE MUITAS FOTOS DURANTE A GRAVIDEZ – MINHAS FOTOS

Eu levei a sério essa dica e tirei muuuuita foto. De cada momento como se não existisse o amanhã rs rs.

A gente nunca sabe realmente o que vai acontecer e se terá uma nova gestação, então não deixe de tirar as fotos, para não se arrepender depois.

Durante toda a gravidez eu tirei foto de mim mesma, ou algum integrante da família fez isso por mim. Nos divertimos a cada flash e também foi muito legal pesquisar fotos de inspiração. Valeu cada momento e temos hoje vários registros que vou adorar mostrar para milha princesa.

Leia também:

TIRE MUITAS FOTOS DURANTE A GRAVIDEZ

COMO ANUNCIAR A GRAVIDEZ DE MANEIRA DIVERTIDA

BUMP STYLE

40 COISAS QUE PRECISA FAZER ANTES DO BEBÊ NASCER- PART 1

40 COISAS QUE PRECISA FAZER ANTES DO BEBÊ NASCER- PART 2

Segue abaixo minhas fotinhas de gestante. Para quem não me acompanha ainda no Instagram clique aqui, a maioria eu já postei no meu Insta.

IMG_7757

IMG_7774

IMG_7777

IMG_7786

IMG_7831

IMG_7808

IMG_7862a

IMG_7852

IMG_7840

IMG_7945

IMG_7937

IMG_7936

IMG_7921

IMG_7912

IMG_7894

IMG_7875

IMG_7870

IMG_7869

IMG_7866

Por hoje é só, see you!

Quais os Livros que Li Durante Minha Gestação

Meu Pai sempre dizia, conhecimento não ocupa espaço… e eu sempre gostei de estudar e pesquisar sobre os assunto que  desconheço. Já comentei aqui no blog que prefiro saber o que esperar para evitar transtornos do que viver na ignorância e passar aperto.

Assim cai de cara nos livros e sites e um dos motivos de ter montado esse blog foi justamente reunir todos meus achados em um só lugar para minhas próprias consultas pessoais. Vale sempre relembrar alguns tópicos não é mesmo?

Eu postei aqui indicação de alguns livros que achei pela internet ou conselhos de amigas minhas. Eu li quase todos, rs rs.

Vou fazer um breve comentário para cada um dos livros que li.

O QUE ESPERAR QUANDO VOCÊ ESTÁ ESPERANDO

image

Bem completo, uma verdadeira bíblia da grávida. Fala a respeito de cada fase da gravidez, seus sintomas, o desenvolvimento do bebê, exames necessários, enfim tudo. Super indico, mas para quem não gosta muito de ler se torna meio massante porque é muuuuito grande esse livro, as vezes cansativo. Confesso que não li todas as páginas na integra. Pulei várias partes que não me interessavam ou não se aplicavam a mim, como fumo durante a gravidez ( eu não fumo, então pulei), parto normal ( li só algumas partes). A minha princesa está preste a nascer e ainda não consegui terminar este livro ainda, ufa! Mas eu não li apenas ele, eu li vários outros livros em paralelo. Acho que se eu tivesse lido apenas ele com certeza já teria terminado. Mas não aconselho ler apenas ele pois tem outros excelentes livros com diversas dicas mais completas sobre outros assuntos que mãe de primeira viagem tem que saber!!! Assuntos mais detalhados como sono, amamentação, comportamento do bebê, etc você vai encontrar em outros livros que descrevo abaixo.

NANA, NENÊ – O VERDADEIRO MÉTODO ESTIVILL PARA ENSINAR SEU FILHO A DORMIR BEM

image

Suuuuuper aconselho! Pequeno, rápido e fácil de ler. Sei que o sono do bebê é um tormento para a maioria das mães e pais. As dicas e técnicas ensinadas por esse autor são muito legais. Durante minha leitura algumas mães comentaram… “aff acho impossível aplicar o que autor pede, tenho muita dó do meu filho”. Muita gente acha meio impossível de aplicar elas. Mas eu percebi que em todos os livros que li todos os autores dizem a mesma coisa: PERSISTÊNCIA, PACIÊNCIA E ROTINA. Se você já está ciente das técnicas a serem aplicadas e erros comuns que você não deve fazer durante sua adaptação e do bebê em cada fase de vida será muito mais fácil, sem dúvida, do que aqueles que começaram tomando algumas atitudes que a principio eram mais fáceis e de rápido resultado e acabaram implementando maus hábitos ao bebê, do qual depois de implementados os pais sofrem para eliminar. Mas o mais importante de tudo que percebi de todos os autores que li é que se você já começa tomando as atitudes certas desdo o primeiro dia do nascimento do bebê as chances de passar perrengue são bem menores.

A ENCANTADORA DE BEBÊS

image

Todo mundo falou maravilhas do livro para mim e também te digo, vale a pena ler também. Adorei todas as dicas que essa autora deu principalmente sobre a amamentação. Eu li o rosinha, na verdade deveria ter lido primeiro o azul, mas valeu do mesmo jeito. Minha massagista que me indicou esse e falou: leia ele antes da sua bebê nascer, tem muita dica para ser aplicada ainda quando o bebê está dentro da barriga da mãe. Então gravidinhas leiam porque realmente vale muito a pena!!

CRIANÇAS FRANCESAS NÃO FAZEM MANHA

image

Esse eu não terminei de ler mas o pouco que li já adorei também. Como ele relata o comportamento de bebês um pouco maiores eu dei preferência para os outros que o legal seria ler antes do beber nascer. Mas o relato dessa autora reforça tudo o que eu li nos outros livros, além da autora ser muito engraçada. Me peguei várias vezes rindo sozinha.

ENTÃO VOCÊ VAI SER PAPAI

image

Eu dei de presente para o maridão. Eu não li mas sei que ele adorou, por vários momentos presenciei ele caindo na gargalhada com o livro. O autor passa para os pais cada fase que a grávida do lado dele vai passar de forma engraçada e descontraída. O comportamento do maridão durante a gravidez me surpreendeu e sei que o livro que ele leu também ajudou, pois ele compreendia o meu momento. Acho que fica muito mais fácil para o casal saber o que esperar de cada fase.

As dicas dos livros se complementam e as técnicas acabam sendo bem parecidas, todos eles focam na mesma coisa ROTINA.

Meu dia a dia e do meu marido é meio sem rotina, o que foi excelente ler todos esses livros. Espero que a leitura dos livros também os auxiliem.

Por hoje é só, see you!

 

40 Coisas que Precisa Fazer antes do Bebê Nascer- Part 2

Esse post demorou para ser postado mas chegou. Eu postei aqui alguns itens sobre 40 coisas que precisa fazer antes do Bebê nascer.

Segue outros 20 itens do que fazer antes do bebê nascer. Para ver  a Parte 1 deste post clique aqui.

21- Prepare Comida e as Congele
Você vai estar bem ocupada entre uma mamada e outra e não terá tempo de quase nada. O que puder deixar já pronto para facilitar a vida conturbada da mamãe nos primeiros meses, faça!
Minha prima Dani não conseguia tomar banho, ela tinha que esperar alguém chegar na casa dela para ela conseguir, pois o bebê mamava acho que de hora em hora, ela ficava exausta e sem chance de tomar pelo menos um banho durante essa correria.

download

22- Faça Aulas na Maternidade
Muitas maternidade dão aulas para saber lidar com o Bebê recém nascido e inclusive ensinam alguns primeiros socorros. Isso é de grande valia para que os Pais consigam manter a calma e consigam fazer a coisa certa. Varias amigas minhas que fizeram adoraram principalmente as dicas quanto aos primeiros banhos do bebê ( que todo mundo fica sem jeito, rs rs) e uma delas inclusive teve que realizar os primeiros socorros em seu bebê e graças ao curso ela sabia exatamente o que fazer e deu tudo certo no final!

gestantes003

23- Check se seu Plano de Saúde Cobrirá todas as Despesas
Check antes se seu plano cobre todas as despesas, e verifique quais documentações necessárias para dar entrada em reembolso caso seja necessário. Desta forma você evita pequenas surpresas e notícias desagradáveis do qual tem que pagar por toda a cirurgia à vista! Ou demorar mais de 3 meses para receber o reembolso porque não tinha idéias dos documentos que era necessário entregar para solicitar o mesmo.

24- Procure uma Pediatra
Na cidade onde moro médico é raridade pois nunca conseguimos um horário para marcar consulta. Então essa procura com antecedência é muito importante para que consiga fazer um acompanhamento do bebê quando ele nascer.

25- Instale a Cadeirinha do Bebê no Carro
Essa ocorreu comigo faz pouco tempo… eu fui colocar meu priminho na cadeirinha do carro e não tinha ideia de como fechar o cinto dele! Eu olhei para aquele treco e não fazia ideia de como fechava aquilo, é pior do que quebra cabeça. A primeira coisa que saiu da minha boca foi: Precisa de faculdade para aprender como fechar isso!? O Pai na mesma hora riu de mim, é claro, e disse que realmente era difícil. Óbvio que teve que vir fechar ele mesmo porque após minutos eu não tinha descoberto ainda.
Imagina para instalar a cadeirinha no carro? Ufa nem consigo imaginar!

bebeconforto-instalacao

26- Pintar as Unhas
Há! Ta aí uma coisa que parece fútil mas você não vai querer sair nas primeiras fotos de vida do seu bebê com as unhas lascadas, pois as mãos vão estar em evidência nas fotos.

27- Maquiagem Basiquinha
Eu não tinha pensado nisso mas minha amiga fez uma maquiagem basiquinha para as fotos e filmagens programada para o parto. A dela foi uma cesárea, mas quando começou a sentir as contrações ligou para médica e logo foi fazer uma maquiagem basiquinha para as filmagens e fotos. É bom quando se consegue programar né? rs rs

28- Roupa pós-parto
Separe uma roupa pós parto ou se necessário comprar algumas peças, pois assim que der a luz lembre que a barriguinha não voltará de imediato.
A vontade é claro que é de vestir logo de cara as roupas do manequim antes da gravidez, mas não esqueça do principal… a cinta! No início dói tudo, parece que os órgãos estão todos soltos lá dentro.
A cinta auxilia bastante em deixar tudo em seu lugar.

29- Agendar as Fotos e Filmagens Durante o Parto
Tem muita gente que gosta de realizar filmagens e contratar um profissional para os registros durante o parto. Eu pessoalmente não gosto dessa opção. Para mim é um momento muito intimo e tenso, sangue etc etc, não consigo ver um câmera-man filmando todos esses detalhes. É o tipo de filmagem que eu não gosto ver de ninguém e com certeza também não mostraria para ninguém. Então por que fazer?

30- Não esqueça da Câmera e nem a Bateria
No meu caso que não contrataria nenhum fotógrafo e nem câmera-man, não posso esquecer de jeito nenhum a câmera e baterias.
Porque a foto para registrar o momento depois do nascimento essa não pode deixar de ter né? O drama e o nervosismo a gente deixa para trás.

30- Baby Book
Eu amoooo aquelas fotinhas fofas de bebê com fantasias e produções e tal. Eu não sabia mas tem pacotes de acompanhamento que pode fechar com a fotógrafa desde o barrigão. Dica, quando for realizar o enxoval não esqueça de comprar chapéu temático, boné e outras coisinhas e tal. Porque nem sempre a fotógrafa tem o tema que gostaria de fotografar seu bebê e você se vê obrigada a fotografar seu bebê com um tema que não gostaria. Isso ocorreu com uma colega minha e depois teve que comprar o chapeuzinho que tanto queria e fotografar novamente.

foto-de-recem-nascido-feita-pelo-fotografo-roni-sanches-1334082919571_615x300

31- Conhecer o Hospital
Vários hospitais proporcionam visitas a maternidade. Acho que vale a pena conversar com sua médica e visitar o Hospital para tirar todas as dúvidas que surgirem antes do parto.

32- Faça seu Plano de Parto
Eu não farei parto normal e não vejo necessidade para o Plano de Parto até mesmo porque já tirei todas as minhas dúvidas com minha obstetra. Além disso acho muito importante que você confie na sua obstetra, caso isso não ocorra é melhor procurar alguém que você se sinta a vontade. Mas para quem vai fazer o parto normal talvez seja uma boa. Mas cuidado com o que coloca, ao se recusar de determinados procedimentos de praxe tenha ciência e certeza das consequências que podem te levar e ao seu bebê. Muitos assuntos ainda são controversos, então cuidado com alguns assuntos que possam ser apenas modismo.

33- Gel para Esterilizar as Mãos
Tenha sempre as mãos! Compre ou mande personalizar os portinhos. Mas não deixe de ter o mesmo na maternidade e na sua casa para as visitas. Minha lembrancinha será inclusive um portinho de álcool em gel. Aproveitei o surto de H1N1 que estamos passando no momento para ofertar como lembrancinha de maternidade o álcool em gel! Eu mesma personalizei o meu mas na Elo7 tem várias opções para compra.

3ffa78b7d12c6c8c7830c521651031eb

34- Anuncie o Nascimento com as novas Ferramentas
Hoje em dia está muito fácil comunicar a todos o nascimento de um bebê, graças aos zilhões de aplicativos. Caso não queira anunciar logo de cara no Facebook o nascimento (tem gente que prefere fazer isso após o ensaio fotográfico do RN, ou depois que está em casa) monte um grupo no What’s up com amigos e familiares que gostaria de avisar. Muuuuito mais fácil e divertido, porque você vai adorar os comentários de todos, e você faz o comunicado apenas uma vez! Ufa!

social-media-icons-generic-ss-1920-800x450

35- Organize uma Pasta para os Documentos do Bebê e Anotações de Vacina
Esse foi conselho da minha amiga Elaine. Separe uma pasta para colocar todos os documentos e exames desde a gestação, porque você vai ver serão muuuuitos. E foi mesmo, separei uma pastinha de plastico mesmo e fui organizando tudo desde o início. Tem gente que gosta daquelas pastinhas e capas de carteirinha de vacinação cheias de frufru. Eu não fiz assim mas sei que na Elo7 tem muitas opções para quem gosta.

36- Organize um Chá de Fralda
Não deixe de organizar um Chá de Fralda, vale muito a pena tanto pelas fraldas mas pela diversão que o evento em si é. Irá proporcionar muitas risadas e uma relaxada no meio de tantas coisas a serem feitas antes do nascimento do bebê. Conte com a ajuda de amigas e família para organização do Chá, não faça sozinha, na altura do campeonato você já tem bastante coisa para resolver e fazer sozinha. Todos vão adorar te ajudar!

Cha_de_bebe

37- Curta um Momento a Dois
Tire alguns momentos para curtir somente vocês dois sem papo de bebê e fraldas. Porque depois do nascimento até vocês entrarem no ritmo e se adaptarem a nova rotina da casa a dedicação será exclusiva ao novo bebezinho da casa e vão sentir falta de um momentinho a dois. Então aproveitem bastante, vale passeios, jantares românticos ou até mesmo uma viagem de férias a dois.

38- Faça o Papai se Sentir Especial
Em um blog durante minhas pesquisas eu vi a dica de preparar uma cesta com todas as coisas que o papai gosta para ele se sentir especial porque as atenções ficam voltadas para a mamãe e para o bebê não tem jeito. Para ele não se sentir rejeitado e deixado de lado essa dica achei de grande valia. Eu não fiz cesta. Como o nascimento da nossa bebê será bem próximo ao dia dos pais eu preparei um surpresa para ele que sei que vai adorar.

39- Prepare Delicinhas para as Enfermeiras
Achei essa dica super legal! As enfermeiras estarão entrando e saindo do seu quarto e sempre é bom agradecer quem está ali cuidando de você o tempo todo. Gentileza gera gentileza. Eu separei uma bomboniere e coloquei vários chocolatezinhos. Quem não gosta de chocolate?

40- Fazer as Lembrancinhas de Maternidade
Como já comentado eu fiz para as lembrancinhas de maternidade bisnaguinhas de álcool em gel. Gosto de lembrancinhas úteis, aqueles enfeites que ninguém usa e acaba jogando fora acho um desperdício de tempo e dinheiro. Gosto muito do bem nascido embrulhadinho na fraldinha, mas acabei não fazendo por falta de planejamento.

bem-nascido-bebe3

Termino por aqui, see you!

Enxoval de Bebê – Item Imprescindível Infantino

Facilidades do dia a dia que ajudam as mamães são super bem vindas. Hoje dou a dica de um produto da Infantino, o Squeeze Station.

Muito fácil e rápido de usar o Infantino Squeeze Station é outra novidade de acessório que com certeza faz parte do meu enxoval.

Como já postei  aqui eu gosto muito de equipamentos que facilitam o dia a dia e o Infantino entra para essa lista.

Se trata de uma estação para colocar a papinha ( também: smoothies,  e alimentos pastosos como purê de maçã, iogurte, etc) em saquinhos de armazenamento,  conhecidos como Squeeze.

São bastante convenientes pois podem ser congelados e serem levados na bolsa para alimentação fora de casa. Uma maneira super fácil e saudável de alimentar os pimpolhos com alimentos caseiros mesmo fora de casa.

Além disso, a estação é lavável e pode ser feito em um piscar de olhos.

O Infantino Squeeze Station pode ser encontrado por $24,99 e o mesmo inclui 10 sacos de Squeeze. Livre de BPA, PVC e Ftalato.

Mais informações você encontra aqui no site da Infantino.

Veja abaixo como é super fácil sua utilização. Mais um “mini” para minha coleção.

O legal é que mesmo quando o bebê  estiver terminado o processo de introdução de papinhas você pode continuar utilizando quando o mesmo puder sugar. Pois existe dois tipos de adaptadores do bico do squeeze. Uma para acoplamento da colher e outro com o bico com formato de canudo para sucção do alimento.


See you!

Receita Hamburguer Vegetariano de Lentilha

Para começar não sou vegetariana! Vocês devem estar se perguntando então porque essa receita?

Na minha opinião não precisa ser vegetariano ou ter restrições alimentares para optar por uma alimentação mais saudável. Eu gosto de hamburguer de carne também, mas resolvi testar essa receita e achei tão divino que resolvi postar no canal.

Sem me gabar mas deu de 10 a 0 para muitos hamburguers de carne por aí, rs rs


  
  


Receita

1½ xícara de ervilha cozida

2 ovos batidos

½ xícara de salsinha grosseiramente picada

¼ de xícara de queijo parmesão ralado

2 colheres (chá) de mostarda de Dijon

½ colher (chá) de sal

¼ de colher (chá) de pimenta-do-reino moída na hora

suco de 1 limão-siciliano

¾ de xícara de farinha de rosca, mais um pouco se necessário

2 colheres (sopa) de azeite de oliva

2 xicaras de columelos paris e shimeji

2 colheres de (sopa) de vinagre balsâmico

1 ramo de baby leaf de beterraba
1. Pré-aqueça o forno a 190 °C.

2. Em uma tigela, amasse os grãos. Junte os ovos, a salsinha, o queijo parmesão, a mostarda, o sal, a pimenta-do-reino e um pouco do suco de limão. Acrescente farinha de rosca suficiente. Se a massa parecer muito mole, acrescente mais farinha de rosca. Reserve por 5-10 minutos, para que a farinha absorva um pouco da umidade da massa. Acerte o tempero e modele quatro hambúrgueres.

3. Em uma frigideira que possa ir ao forno, aqueça o azeite em fogo médio-alto. Frite os hambúrgueres por 6-10 minutos ao todo. Leve a frigideira ao forno e asse por 12-15 minutos ou até o ponto desejado.

4. Em uma frigideira pequena refogue com um fio de azeite os cogumelos. Observe que os cogumelos vão soltar uma água. Tempere com pouco de pimenta do reino e sal a gosto. Mas atenção ao sal pois assim que a àgua  estiver secando será acrescentado o vinagre balsâmico. Desligue o fogo.

5. Monte o hamburguer e delicie essa maravilha!
O Pão que eu utilizei foi Wickbold Bagel Multigrãos.

Eu servi com suco de manga, maracujá e gengibre com falsa batata frita de Batata doce. Receita essa que postarei em breve!
See you!!